Projeto de lei pretende implantar o Programa Estadual de Equoterapia

m19

Tramita na Assembleia Legislativa, o projeto de lei n° 981/18, de autoria do deputado Henrique Arantes (PTB), que tem como objetivo instituir o Programa Estadual de Equoterapia voltado para crianças e adultos portadores de deficiência física e/ou mental ou de distúrbio comportamental e as vítimas de acidentes. De acordo com a propositura, o Programa consiste em métodos terapêuticos e educacionais, utilizando o equino como instrumento interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação.

Caso aprovado,  o Programa Estadual de Equoterapia será coordenado e gerido pela Secretaria Estadual de Saúde, em parceria com as Secretarias de Educação e de Assistência Social e com o Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer) e associações que utilizam a equoterapia para reabilitação de portadores de deficiência física e/ou mental ou de distúrbio comportamental e a vítimas de acidentes.

O projeto também prevê que pessoas físicas ou jurídicas poderão apadrinhar as crianças. O padrinho receberá um relatório trimestral sobre o desenvolvimento do seu afilhado na equoterapia e terá direito a acompanhar o tratamento.

Segundo o deputado, o projeto tem a finalidade de incentivar instituições públicas e privadas a apoiar a equoterapia para crianças portadoras de necessidades especiais. “Quanto mais estimulados os portadores de deficiências física e/ou cognitiva, maior será sua qualidade de vida e assim sendo terá uma maior chance de uma inclusão social. Essa terapia é um meio de reabilitação que busca concentração, atenção, disciplina, motivação, aumento de autoestima e confiança”, explica.

O projeto se encontra em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e, caso aprovado, será encaminhado para a votação no Plenário.

Fonte: Assembleia Legislativa do Estado de Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *